quinta-feira, 28 de maio de 2015

TJRS E PREFEITURA DE PELOTAS RECEBEM INSCRIÇÕES PARA CASAMENTO COLETIVO HOMO E HETEROAFETIVO

Casamento Coletivo Pelotas - 6.12.2014 - Noiva descendo a escadaria da Prefeitura
O Tribunal de Justiça do RS, por meio do Projeto Ronda da Cidadania e a Prefeitura de Pelotas estão recebendo inscrições para o 22.° Casamento Coletivo que se realizará na Comarca no próximo dia 5 de dezembro, fruto de parceria do Projeto Ronda da Cidadania com a Prefeitura Municipal de Pelotas.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 31 de julho nos Centros de Referência em Assistência Social de Pelotas (CRAS Centro, Três Vendas, Areal, Fragata e São Gonçalo) e na Defensoria Pública do Estado.

Casamento Coletivo Pelotas - 6.12.2014 - Imagem Coletiva dos noivos
Serão recebidas 80 inscrições de casais homo e heteroafetivos que pretendam formalizar suas uniões por meio do casamento.

Requisitos – Para participar do casamento coletivo, o casal homo ou heteroafetivo deve demonstrar hipossuficiência econômica e apresentar a documentação necessária ao ato.


Para pessoas solteiras, é necessária a apresentação de certidão de nascimento; para divorciados, certidão de casamento com averbação do divórcio e para pessoas viúvas, certidão de casamento e certidão de óbito do cônjuge.


Casamento Coletivo Pelotas - 6.12.2014 - Imagem Coletiva dos noivos
Os casamentos coletivos têm por objetivo garantir uma maior proteção à família, seja em razão das garantias que a legislação oferece ao casamento, seja em decorrência da preparação e das orientações jurídicas, sociais e psicológicas que são propiciadas aos nubentes pelo projeto Ronda da Cidadania em parceria com as Prefeituras dos municípios contemplados.

De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, juiz Marcelo Malizia Cabral, “o Poder Judiciário do Rio Grande do Sul está preocupado com a dignidade do ser humano; de mãos dadas com a sociedade, temos muito a fazer e esta é uma pequena demonstração daquilo se pode construir com trabalho, parceria e dedicação”.

Histórico - Iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça, em parceria com diversas instituições do Estado, o Projeto Ronda da Cidadania encontra-se em seu 14.º ano de atividades na Comarca de Pelotas. Neste período, foram realizadas 48 edições do evento, prestando-se atendimento a 61.744 pessoas e realizaram-se 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.

Contato – Mais informações sobre o Projeto Ronda da Cidadania podem ser obtidas no Foro da Comarca de Pelotas, de segundas a sextas-feiras, das 9h às 11h30min, na Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.º andar, telefone 53-32794900, ramal 1735, e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br, ou em seu blog rondadacidadania.blogspot.com.br








segunda-feira, 11 de maio de 2015

RONDA DA CIDADANIA REGISTROU 842 ATENDIMENTOS EM ARROIO DO PADRE, RS

Ronda da Cidadania em Arroio do Padre - 9.5.2015 - Confecção de Carteiras de Identidade

Na sua 48ª edição, o projeto Ronda da Cidadania oportunizou, no último sábado, 9/5, aos moradores do município de Arroio do Padre, a realização de documentos, informações e atendimento nas áreas de saúde, social e jurídica.

O evento foi realizado das 10h às 17h, na Prefeitura Municipal de Arroio do Padre.

Foram realizados 842 atendimentos, tanto na área da saúde, com verificação de pressão arterial, atendimento de dentista e informações de saúde, como nas áreas social, com informações sobre benefícios previdenciários, recreação voltada ao público infantil e cortes de cabelo; jurídica, com orientações e emissão de documentos, como carteira de identidade e de trabalho, CPF e solicitação de certidões de nascimento.
As Rondas da Cidadania são uma realização do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e constituem feiras de serviços de utilidade pública, que buscam garantir a inclusão social e o amparo integral da justiça à parcela da população hipossuficiente, gratuitamente.
Ronda da Cidadania em Arroio do Padre - 9.5.2015 - Solenidade de Abertura - Pronunciamento do Juiz Marcelo Malizia Cabral
De acordo com a coordenador do projeto Ronda da Cidadania em Pelotas, magistrado Marcelo Malizia Cabral, “o número de atendimentos realizados, a acolhida da comunidade de Arroio do Padre e a participação da população, garantiram o êxito do evento”.
Segundo o Prefeito Municipal de Arroio do Padre, Leonir Aldrighi Baschi, “a realização da Ronda na cidade constitui um grande auxílio prestado pelo Poder Judiciário e pelas instituições parceiras à comunidade”.
O Deputado Estadual Catarina Paladini saudou a iniciativa do Poder Judiciário, dizendo que pode ser traduzida como uma demonstração de responsabilidade social do Tribunal de Justiça do RS.
A solenidade de abertura contou com a presença do Grupo Escoteiro São Francisco de Assis, responsável pela guarda das bandeiras e com a apresentação da Oitava Brigada de Infantaria Motorizada de Pelotas.
Além dos parceiros do projeto, prestigiaram a solenidade de abertura o coordenador da Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, juiz Marcelo Malizia Cabral, o deputado estadual Catarina Paladini, o prefeito municipal de Arroio do Padre, Leonir Aldrighi Baschi, o vice-prefeito, Luiz Carlos Lihtnoww, o Presidente da Câmara de Vereadores, Deoclécio Lern, o Coronel Lauro Ferreira de Melo, da Oitava Brigada de Infantaria Motorizada de Pelotas, os representantes do Sine de Pelotas, Selmira Millech Fehrenbach e Paulo Maurente, representando todos os parceiros do Projeto, a representante dos servidores e colaboradores do Foro de Pelotas, Nara Maria de Oliveira Lima, além de Secretários Municipais e líderes comunitários.
Confira os 842 atendimentos realizados:

- 25 solicitações de CPFs (Banco do Brasil);
- 117 confecções carteira de identidade e 34 informações (Instituto Geral de Perícias do RS);
- 14 solicitações de carteiras de trabalho (SINE);
- 5 certidões de nascimento, casamento e escritura pública (Cartório Cerrito Alegre);
- 2 informações (Registro de Imóveis da 1ª Zona de Pelotas);
- 6 atendimentos e/ou distribuições de material informativo do Foro de Pelotas;
- 5 atendimentos/distribuições de material informativo (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Pelotas;
- 64 verificações de pressão arterial e orientações de saúde (Escola Dimensão);
- 31 cortes de cabelo e penteados ( Escola de Cabeleireiros Nair Rosseli);
- 80 orientações sobre educação sexual e distribuição de preservativos (ONG Vale a Vida);
- 60 atendimentos de recreação, exposição de artes (Prefeitura de Arroio do Padre);
- 50 atendimentos e informações ao público ofertadas por escoteiros (Grupo de Escoteiros São Francisco de Assis);
- 86 atendimentos da Emater Arroio do Padre;
- 155 informações sobre saúde e atendimentos do escovódromo (Exército Brasileiro);
- 50 atendimentos e informações do CRAS de Arroio do Padre;
- 8 orientações sobre direitos (Curso de Direito da Universidade Católica de Pelotas).
- 50 atendimento da Delegacia da Criança e do Adolescente de Pelotas;

Ronda da Cidadania em Arroio do Padre - 9.5.2015 - Atendimento jurídico prestado pela UCPel

Ronda da Cidadania em Arroio do Padre - 9.5.2015 - Confecção de Carteiras de Trabalho


Histórico do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas - Iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça do Tribunal de Justiça do RS, em parceria com diversas Instituições do Estado, as Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimentos essenciais a toda a comunidade, gratuitamente.


O Projeto encontra-se no décimo quarto ano de atividades na Comarca de Pelotas. Nesse período, foram realizadas 48 edições do evento, prestando atendimento a 62.744 pessoas e realizaram-se 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.



Blog e informações - Outras informações podem ser obtidas no blog do Projeto (rondadacidadania.blogspot.com) ou ainda no Foro da Comarca de Pelotas, Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.º andar, fone: (53) 32794900, ramal 1735, e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO HOMENAGEIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA PELO PROJETO RONDA DA CIDADANIA

Presidente do TJRS, Des. Aquino Flôres de Camargo, recebendo homenagem do vereador proponente, Chiquinho Silveira

A Câmara de Vereadores de Capão do Leão, Zona Sul do Estado, realizou sessão solene ontem (7/5) à tarde em homenagem ao Poder Judiciário da Comarca de Pelotas pela realização da Ronda da Cidadania. A iniciativa foi proposta pelo vereador Chiquinho Silveira (PDT). O evento realizou-se no auditório Embrapa Clima Temperado de Pelotas.

O Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador José Aquino Flôres de Camargo, disse que o reconhecimento da comunidade se deve ao trabalho dedicado de servidores e magistrados. É dever do Judiciário e das instituições se aproximarem da comunidade para retribuir com trabalho, afirmou. O magistrado acrescentou que ao contrário do que ocorria antigamente, hoje o Juiz é uma figura que deve se integrar à sociedade, através da participação ativa nas mais diversas iniciativas.

Lembrou, também, que os Juízes de 1º grau são o braço do Poder Judiciário diretamente ligado à população. As pessoas necessitam de serviços úteis e que tragam soluções para seus problemas. E o Judiciário tem cumprido tarefas que asseguram, por exemplo, a concessão de medicamentos e internação hospitalar, destacou.

O Vereador Chiquinho Silveira elogiou o trabalho desenvolvido pelo Juiz Marcelo Malizia Cabral, da Comarca de Pelotas que jurisdiciona Capão do Leão e coordena as edições da Ronda da Cidadania. Trata-se de um serviço de utilidade pública de grande significado social que o Poder Judiciário viabiliza e que é alvo de permanente atenção deste magistrado, afirmou o parlamentar.

De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, que atende o Município de Capão do Leão, juiz de direito Marcelo Malizia Cabral, "a homenagem mostra a relevância conferida pela sociedade às ações de responsabilidade social desenvolvidas pelo Poder Judiciário".

Pronunciamento do Coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, Marcelo Malizia Cabral
Resta apenas agradecer e homenagear o trabalho dos voluntários e das Instituições parceiras do Projeto ao longo destes 14 anos de caminhada”, concluiu o magistrado.

O Chefe Geral da Embrapa Clima Temperado, Clênio Pillon, destacou o caráter de inclusão social da Ronda na cidade. Já a Presidente da Câmara, de Capão do Leão, Vereadora Jane Gomes (PDT), elogiou os resultados alcançados pelo projeto, enquanto a Secretária de Cidadania e Assistência Social do município, Mariângalo Sposito, classificou a iniciativa como de fundamental importância na vida das pessoas mais necessitadas.

Participaram ainda da solenidade a Desembargadora Marilene Bonzanini, Presidente do Conselho de Administração, Planejamento e Gestão (CONAD), do TJ; o Juiz Mauro Peil Martins, representante da Direção Foro da Comarca de Pelotas e da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (AJURIS); a Procuradora-Geral de Capão do Leão, Ana Cristina dos Santos Porto; a representante da Universidade  Católica de Pelotas (UCPEL), Ana Cláudia Vinholes Siqueira Lucas; o representante do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Riograndense (IFSUL), João Francisco de Castro Collares; o representante do Comando da Brigada Militar de Pelotas, Sargento Jorge Luiz Natigal Vaz, e o representante da Polícia Civil de Capão do Leão, Edson Ramalho.

Ronda da Cidadania

É uma iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça, em parceria com diversas Instituições do Estado. As Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimentos essenciais a toda a comunidade, gratuitamente.

O projeto encontra-se no 14° ano de atividades na Comarca de Pelotas. Nesse período, foram realizadas 47 edições, prestando atendimento a 61.902 pessoas e realizaram-se 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.


Outras informações podem ser obtidas no blog do Projeto (rondadacidadania.blogspot.com) ou ainda no Foro, localizado na Avenida Ferreira Viana, nº 1134, sala 706, 7º andar. O fone é (53) 3279.4900, ramal 1735 e o e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br.

terça-feira, 5 de maio de 2015

TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECEBERÁ HOMENAGEM DA CÂMARA DE VEREADORES DE CAPÃO DO LEÃO

Convite enviado pela Câmara Municipal de Vereadores de Capão do Leão.
 
O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul receberá homenagem da Câmara Municipal de Vereadores do Município de Capão do Leão em solenidade a ser realizada no próximo dia 7 de maio, às 17h, no Auditório da Embrapa, no Campus da Universidade Federal de Pelotas.
 
A “Moção de Congratulações” foi aprovada pela unanimidade dos vereadores do Município e será outorgada ao Tribunal de Justiça em razão da execução do Projeto Ronda da Cidadania no Município de Capão do Leão desde o ano de 2001, período no qual foram realizadas cinco edições do Projeto, com atendimento a 9.083 pessoas e realizados 63 casamentos, em quatro cerimônias coletivas.
 
A solenidade contará com a presença do Presidente do Tribunal de Justiça do RS, Desembargador José Aquino Flôres de Camargo.
 
De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, que atende o Município de Capão do Leão, juiz de direito Marcelo Malizia Cabral, "a homenagem mostra a relevância conferida pela sociedade às ações de responsabilidade social desenvolvidas pelo Poder Judiciário".
 
Resta apenas agradecer e homenagear o trabalho dos voluntários e das Instituições parceiras do Projeto ao longo destes 14 anos de caminhada”, concluiu o magistrado.
 
Histórico do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas - Iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça do Tribunal de Justiça do RS, em parceria com diversas Instituições do Estado, as Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimentos essenciais a toda a comunidade, gratuitamente.
 
 
O Projeto encontra-se no décimo quarto ano de atividades na Comarca de Pelotas. Nesse período, foram realizadas 47 edições do evento, prestando atendimento a 61.902 pessoas e realizaram-se 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.
 
 
 
 
Ronda da Cidadania em Capão do Leão - 9.7.2011 - Equipe de Voluntários

Ronda da Cidadania em Capão do Leão - 9.7.2011 - Confecção de carteiras de identidade.


Casamento Coletivo em Capão do Leão - 30.11.2013 - Foto coletiva dos casais.

Casamento Coletivo em Capão do Leão - 22.11.2014
 
 
 
Blog e informações - Outras informações podem ser obtidas no blog do Projeto (rondadacidadania.blogspot.com) ou ainda no Foro da Comarca de Pelotas, Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.ºandar, fone: (53) 32794900, ramal 1735, e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br

ARROIO DO PADRE RECEBERÁ RONDA DA CIDADANIA

Os moradores do município de Arroio do Padre, RS, terão oportunidade de realizar documentação, receber atendimento nas áreas de saúde, social e jurídica, utilizar serviços de corte de cabelo, dentre dezenas de outros atendimentos no próximo sábado, 9 de maio, na 48ª edição do Projeto Ronda da Cidadania.
 
A Ronda da Cidadania será realizada das 10h às 17h, na Prefeitura Municipal de Arroio do Padre, RS.
 
Voluntários do Projeto Ronda da Cidadania.

 
Sobre a Ronda da Cidadania - As Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimento a toda a comunidade, gratuitamente.
 
De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, juiz Marcelo Malizia Cabral, “o Poder Judiciário do Rio Grande do Sul está preocupado com a dignidade do ser humano; de mãos dadas com a sociedade, temos muito a fazer e esta é uma pequena demonstração daquilo se pode construir com trabalho, parceria e dedicação”.
 
As comunidades selecionadas para atendimento recebem, gratuitamente, durante um dia inteiro, serviços e informações nas áreas de documentação, saúde, educação, lazer, esportes, cultura, assistência jurídica e social.
 
 
Projeto Pai Presente – Nesta edição do projeto, a Direção do Foro de Pelotas, em parceria com o Projeto Ronda da Cidadania, estará realizando o projeto Pai Presente.
 
Destinado ao resgate da responsabilidade paterna na criação dos filhos, o projeto do Conselho Nacional de Justiça e da Corregedoria-Geral da Justiça destina-se à identificação de pais de pessoas registradas unicamente em nome da mãe.
 
Os interessados em buscar a presença paterna em seu registro de nascimento poderão, a partir de agora, comparecer às Rondas da Cidadania portando seus documentos e a indicação do nome e do paradeiro do suposto pai, dando início à busca do reconhecimento espontâneo da paternidade.
 
Caso o apontado pai não realize o reconhecimento da paternidade espontaneamente, os interessados serão encaminhados, em caso de necessidade, a serviços gratuitos de assistência jurídica disponíveis ou ao Ministério Público.
 
 
Histórico - Iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça, em parceria com diversas instituições do Estado, o Projeto Ronda da Cidadania encontra-se em seu 14.º ano de atividades na Comarca de Pelotas. Neste período, foram realizadas 47 edições do evento, prestando-se atendimento a 61.902 pessoas e realizaram-se 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.
 
 
Contato – Mais informações sobre o Projeto Ronda da Cidadania podem ser obtidas no Foro da Comarca de Pelotas, de segundas a sextas-feiras, das 9h às 11h30min, na Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.º andar, telefone 53-32794900, ramal 1735, e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br, ou em seu blog rondadacidadania.blogspot.com.br

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

RONDA DA CIDADANIA DIVULGA BALANÇO DE 2014 E RECEBE INSCRIÇÕES PARA 2015, EM PELOTAS, RS

O Projeto Ronda da Cidadania está cadastrando comunidades interessadas em receber seus serviços no ano de 2015.
 
As comunidades que desejarem receber os serviços da Ronda da Cidadania devem manifestar o interesse através do e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br, informando o local disponibilizado para a realização das atividades, o número aproximado de usuários e os serviços necessários.
 
As solicitações podem partir de quaisquer dos municípios que integram a Comarca de Pelotas: Capão do Leão, Arroio do Padre, Morro Redondo, Turuçu e Pelotas.
 
 
Balanço de 2014 - No ano em curso foi realizada uma edição do projeto, atendendo a Comunidade Quilombola da Colônia Triunfo, 4.º Distrito de Pelotas, ocasião em que foram prestados 631 atendimentos.
 
Realizaram-se, ainda, casamentos coletivos nos municípios de Pelotas e Capão do Leão, celebrando-se a união de 49 casais.
 
Casamento Coletivo Capão do Leão - 22.11.2014 - imagem coletiva

Casamento Coletivo Pelotas - 6.12.2014 - Imagem Coletiva dos noivos

Voluntários que atuaram na Ronda da Cidadania - Comunidade Quilombola -6.11.2014
 
De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, juiz de direito Marcelo Malizia Cabral, "as atividades deste ano contaram com ampla participação das instituições parceiras e com grande procura da comunidade pelos serviços, o que garantiu o êxito do projeto. Resta, agora, apenas agradecer o apoio dos parceiros e a confiança da comunidade e organizar as atividades para o ano vindouro", concluiu.
 
 
 
Histórico das Rondas da Cidadania em Pelotas - Iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça, em parceria com diversas instituições do Estado, as Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimentos essenciais a toda a comunidade, gratuitamente.
O Projeto na 47ª edição e completa treze anos de intensa atividade. Nesse período, contou com a participação de dezenas de órgãos e entidades que realizam serviços de utilidade pública, prestando atendimento a 61.902 pessoas e realizando 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.
 
Blog e informações - Outras informações podem ser obtidas no blog do Projeto (rondadacidadania.blogspot.com) ou ainda no Foro da Comarca de Pelotas, Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.ºandar, fone: (53) 32794900, ramal 1735, e-mail pelrondacidadania@tj.rs.gov.br

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

CASAMENTO COLETIVO CELEBRA A UNIÃO DE 37 CASAIS EM PELOTAS


O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, por intermédio do projeto Ronda da Cidadania, e a Prefeitura Municipal de Pelotas, realizaram o 21.º Casamento Coletivo da Comarca de Pelotas, ocasião em que foram celebradas as uniões de 37 casais, no último sábado, 6/12, no hall da Prefeitura Municipal de Pelotas.

 
A cerimônia teve início às 16 horas, quando as noivas desceram as escadarias do prédio histórico do Paço Municipal ao som da marcha nupcial, enquanto eram esperadas ansiosamente pelos noivos, ao pé da escada.

 
Vestidos de noiva, aias, maquiagem, cabeleireiros, mesa do bolo, buquês, além de muita emoção e alegria foram os ingredientes que garantiram uma celebração inesquecível.

 
Ceni Dias da Silva, 79 anos e Rui Machado Gonçalves, 58 anos, aproveitaram a ocasião para formalizar a união em que vivem há 32 anos. “Esperava por este momento há muitos anos”, celebrou a noiva.

Os casamentos coletivos têm por objetivo garantir uma maior proteção à família, seja em razão das garantias que a legislação oferece ao casamento, seja em decorrência da preparação e das orientações jurídicas, sociais e psicológicas que são propiciadas aos nubentes pelo projeto Ronda da Cidadania e pela Prefeitura Municipal de Pelotas.

De acordo com o coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, magistrado Marcelo Malizia Cabral “esses casamentos coletivos garantem cidadania às pessoas, além de constituírem a realização de um sonho.” Com relação ao evento, sublinhou o profissionalismo, competência e carinho como tudo foi organizado e conduzido, agradecendo e destacando a parceria dos Cartórios de Registro Civil e da Prefeitura Municipal de Pelotas.

 
Segundo a Secretária da Justiça Social e Segurança de Pelotas, Clésis Crochemore, o casamento significa inclusão social e momento de valorização das famílias, o que é tarefa do Poder Executivo, destacando sua satisfação na realização da cerimônia nas dependências da sede da Prefeitura.

Presenças – Além da presença do coordenador do Projeto Ronda da Cidadania na Comarca de Pelotas, Magistrado Marcelo Malizia Cabral, o casamento coletivo contou com a presença da Secretária de Justiça Social e Segurança do Município, Clésis Crochemore, da ex-coordenadora do projeto, Pretora Suzana Viegas Neves da Silva, da Secretária Executiva do Projeto Ronda da Cidadania, Ieda Terezinha Morsch, de representantes dos Cartórios de Registro Civil da 1ª e 2ª Zonas de Pelotas e do Cartório Dunas, além de representantes de instituições Parceiras da Ronda da Cidadania, de servidores, estagiários e voluntários do Foro de Pelotas e outras autoridades.
 



 
 
 

Sobre o Projeto Ronda da Cidadania - Iniciativa do Tribunal de Justiça do RS, em parceria com diversas instituições do Estado, as Rondas da Cidadania consistem em feiras de serviços de utilidade pública, levando informação, documentação e atendimento a toda a comunidade, gratuitamente.

O Projeto na 47ª edição e completa treze anos de intensa atividade. Nesse período, contou com a participação de dezenas de órgãos e entidades que realizam serviços de utilidade pública, prestando atendimento a 61.902 pessoas e realizando 783 casamentos em 21 cerimônias coletivas.

Blog e informações - Outras informações podem ser obtidas no blog do Projeto (rondadacidadania.blogspot.com) ou ainda no Foro da Comarca de Pelotas, Avenida Ferreira Viana, n.º 1134, sala 706, 7.º andar, fone: (53) 32794900, ramal 1735, e-mail: pelrondacidadania@tj.rs.gov.br